quinta-feira, 20 de junho de 2024 - 20/06/2024 00:14:50
Viagem e Cura


O Ilha Tour é um dos passeios mais famosos em Fernando de Noronha. É um tour que normalmente é feito no primeiro dia de viagem, em um veículo 4×4 e que permite um completo reconhecimento da ilha. Mas será que vale a pena fazer o ilha tour privativo em Fernando de Noronha?

Você pode me questionar: será que não fica corrido e cansativo demais conhecer a ilha toda em apenas um dia? Isso pode ser até verdade, mas vale a pena e você vai entender o porquê.

Apesar de ser um passeio corrido, ele é apenas um reconhecimento da ilha, você irá visitar os principais pontos turísticos de Fernando de Noronha e voltará com calma para apreciar as belezas indescritíveis das praias de Noronha nos dias seguintes da viagem. 

Esta planejando uma viagem para o paraíso brasileiro? Leia também o post Fernando de Noronha: como ir, deslocamentos, melhores passeios, onde se hospedar.  

O que este artigo aborda:

Ilha tour compartilhado ou Ilha tour privativo: qual escolher?

O passeio do Ilha Tour, tanto compartilhado quanto privativo, dura o dia inteiro, saindo por volta das 8 horas da manhã e retornando no pôr do sol. 

Enquanto o passeio do ilha tour compartilhado é realiado em veículo 4×4, tipo safari, em grupos de até 10 pessoas, o ilha tour privativo é feito em buggy. 

O Ilha tour compartilhado tem um roteiro padrão, enquanto em um Ilha tour privativo você consegue modificar o seu roteiro com o guia, permitindo a personalização do seu passeio.

Normalmente, o roteiro do Ilha Tour coletivo passa pelas seguintes praias:

  • Baía do Sueste Fernando de Noronha.
  • Mirante da Praia do Leão.
  • Ponta da Air France e Capela de São Pedro em Fernando de Noronha.
  • Praia do Porto
  • Praia do Sancho e Mirante dos Golfinhos
  • Baía dos Porcos e Cacimba do Padre 
  • Pôr do Sol no Mirante do Forte do Boldró

Quanto custa o Ilha Tour?

O Ilha tour compartilhado custa entre R$ 250 e R$350 reais, a depender da empresa escolhida. Você pode reservar o Ilha Tour Compartilhado no site do Civitatis, parceiro do blog.

Já o Ilha Tour Privativo com a AKOYA Noronha custa R$ 1.000 ( 2 pessoas ), com acréscimo de R$ 200 para cada pessoa adicional ( no máximo 4 pessoas ).

Iha tour privativo com a Akoya Noronha

O passeio, que dura o dia inteiro, é feito de Buggy, e passa pelos principais pontos e praias de Noronha, o que deixa toda a experiência ainda mais incrível.

No entanto, é válido lembrar que o passeio possui algumas paradas que pertencem ao Parque Nacional de Fernando de Noronha. Por isso, é preciso ter pago a taxa e já estar com a carteirinha em mãos.

Logo cedo o guia Dudu, uma pessoa excepcional, extremamente conhecedor da Ilha, super atencioso e excelente fotógrafo, nos pegou no Hostel e começamos o dia na Ponta da Air France. Já no fim do dia, terminamos o passeio com um pôr do sol lindíssimo no Mirante do Boldró. 

Dito isso, as paradas do meu passeio Ilha Tour foram:

Ponta da Air France + Museu do Tubarão + Buraco da Raquel + Enseada dos Tubarões

Museu do tubarão noronha

O passeio do Ilha Tour começou no ponto mais ao leste de Fernando de Noronha, pela região do Porto de Santo Antônio. Mais especificamente na Ponta da Air France.

A Ponta da Air France possui esse nome porque foi o local escolhido pelos franceses para montar uma base militar no começo do século XX. Ou seja, não possui ligação com o acidente com o avião da Air France que infelizmente aconteceu em 2009.

Na Ponta da Air France você poderá ver o encontro do mar de fora (virado para o continente Africano) com o mar de dentro (virado para o Brasil). Enquanto o mar de fora é agitado, o mar de dentro (protegido pela própria Ilha) é calmo.

Além disso, é nessa região que fica situado o Museu do Tubarão.

A entrada em si é gratuita, onde você tem acesso a uma série de informações bacanas. O museu ainda tem uma loja de souvenirs e um restaurante que vende o famoso bolinho de tubalhau.

Além disso, há uma série de esculturas ao ar livre, que também vão render ótimas fotos. E é de lá que você pode avistar o Buraco da Raquel, que nada mais é que uma pedra com uma fenda ao meio, às margens do mar.

Inclusive, é um local que detém várias lendas. De acordo com os mais velhos, o nome é em referência a filha de um dos comandantes militares da ilha. Diz a lenda ainda que Raquel era especial e, quando tinha crises, resolvia se esconder por ali.

Ao subir um pouco mais o morro, é possível ter uma linda visão da Enseada dos Tubarões, que é um dos locais preferidos dos tubarões.

A enseada serve como uma região de repouso, alimentação e acasalamento. No entanto, o local é apenas para contemplar, haja vista que é proibido entrar nas águas, já que há complexos de recifes que são protegidos pelo Instituto Chico Mendes.

Praia Cacimba do Padre

Depois da enseada, é hora de seguir para a Praia Cacimba do Padre, onde é possível aproveitar ainda mais a areia e o mar.

O mais legal é que, quando a maré está baixa, é possível acessar a Baía dos Porcos, que também é uma outra sensação.

Além disso, é preciso dizer que vale muito a pena fazer um Ilha Tour privativo em Fernando de Noronha, uma vez que o Dudu é um excelente fotógrafo e você terá fotos fantásticas.

No caso de a maré estiver muito alta, uma opção é ir até um mirante que fica no meio do caminho da Cacimba e da Baía dos Porcos. Lá, você pode tirar uma foto bem próxima do Morro Dois Irmãos, um dos cartões postais de Noronha.

Travessia a nado Cacimba até a Baía dos Porcos

travessia a nado em Noronha

Uma das coisas mais incríveis do Ilha Tour Privativo é poder fazer seu roteiro da forma que melhor lhe convém. E Dudu, da AKOYA Noronha, embarcou de cabeça em todas as minhas ideias e sugestões.

Eu sempre tive muita vontade de conhecer a Baía dos Porcos (eleita por mim a praia mais bonita de Noronha). Contudo, durante todo meu período em Noronha, a trilha que separa a Cacimba do Padre estava parcialmente fechada, somente chegando até o Mirante, restando impossível conhecer a praia que tanto queria.

Foi quando eu sugeri ao Dudu fazer uma travessia a nado da Cacimba do Padre até a Baía dos Porcos para observar a beleza da vida marinha, bem como a beleza dessa praia incrível bem de pertinho.

E assim, mesmo com a trilha interditada, eu consegui visitá-la. Durante a trilha vi diversos animais e ainda Dudu tirou fotos subaquáticas fantásticas minhas.

Praia do Cachorro

Mais uma praia que normalmente não entra no Ilha Tour, mas que eu pedi para incluir. Eu queria tirar as tradicionais fotos na Lasca da Velha e no Buraco do Galego (ou do Galeguinho, como foi o caso).

Contudo, para chegar até os spots mais disputados de Noronha, é preciso atravessar uma formação rochosa íngreme. Para aqueles que tem medo de altura ou medo de escalar pedras, eu recomendo fortemente que não se arrisque sozinho pela selfie perfeita. O ideal é subir nas pedras acompanhados de um guia local, conhecedor da região e que irá te auxiliar.

Lasca da Velha

Para mim foi o mais difícil de chegar. Por muitas vezes cogitei em desistir, mas o Dudu, literalmente segurando minha mão, me guiou e eu consegui chegar até o final.

O local é deslumbrante! Realmente vale a pena conhecer.
Contudo, prepare-se a fila é proporcional a beleza do local e você pode perder precioso tempo tirando fotos aqui.

Buraco do Galeguinho

vale a pena fazer um ilha tour em fernando de noronha

Da mesma forma que a lasca da velha tem uma fila gigantesca para tirar fotos, o Buraco do Galego também tem. 

Contudo, para os que não sabem da sua existência, entre o Buraco do Galego e a Lasca da Velha, existe o buraco do Galeguinho. Normalmente, o local não possui filas ou possui filas bem menores que nas atrações principais.

Parada para almoço

Depois desse passeio, é hora de recarregar as energias, né? Noronha tem muitas opções de restaurantes que valem muito a pena.

Dentre eles, podemos falar do Xica da Silva, para mim um dos melhores restaurantes em Noronha.

O preço não é tão acessível, mas devido a experiência que o local oferece, vale a pena. 

Praia do Sancho

O passeio na Praia do Sancho se inicia no PIC (Posto de Informação e Controle). Chegando lá, é necessário passar pela catraca, onde você deve mostrar a carteirinha do Parnamar.

Por lá, é possível ter acesso a uma pequena trilha suspensa, a qual foi toda construída com materiais reciclados, o que leva os transeuntes para os mirantes mais bonitos de Noronha.

A trilha é muito acessível e com uma vista de tirar o fôlego. Por lá também é possível ter uma visão privilegiada do Morro Dois Irmãos, o que vai lhe render lindas fotos.

Depois de se deslumbrar com toda a paisagem e tirar muitas fotos, é hora de descer para a Baía do Sancho.

Para acessar a praia, basta descer uma escada de marinheiro, que fica cravada em meio a rocha. 

Praia do Leão

A próxima parada do nosso Ilha Tour Privativo com a AKOYA Noronha foi a Praia do Leão, que já se trata de mar de fora. Por lá, você vai ficar maravilhado, contemplando toda a vista que é maravilhosa.

Uma curiosidade é que essa é a praia com o maior índice de desova de tartarugas marinhas de Fernando de Noronha. Por isso, tenha bastante cuidado ao caminhar pela areia.

Em relação ao nome da praia, também se trata de uma outra curiosidade. Isso acontece por conta de uma ilhota que fica bem em frente à praia, a qual remete a um leão-marinho deitado.

Baía do Sueste

Bem ao lado da Praia do Leão, está a Baía do Sueste. Para aqueles que querem praticar snorkel em Fernando de Noronha, esse é um dos lugares mais bacanas.

Ainda que você não tenha experiência em praticar snorkel, o guia com certeza vai lhe dar todas as dicas e ainda pode se oferecer para lhe acompanhar.

Mas, para os que ainda assim não se sentirem confortáveis, também é uma ótima praia para relaxar e curtir a experiência.

O mar, ainda que não tenha águas tão cristalinas, permite ver uma vida marinha bem interessante, como arraia, peixes, tartarugas e muitas lagostas.

Infelizmente, eu não pude mergulhar na Praia do Sueste, mas tão somente contemplar. Durante agosto de 2022, a praia estava fechada para banho por questões de segurança ambiental.

Mirante do Boldró

por do sol mais bonito em Fernando de Noronha

Para finalizar o passeio do Ilha Tour, todos os turistas seguem para o Mirante do Boldró, onde há uma vista sensacional para observar o pôr do sol.

A dica aqui é tentar se antecipar e chegar antes das 18h, já que cada centímetro do mirante é muito disputado.

Para render boas fotos, é bem importante que você chegue mais cedo. O visual em si é bem deslumbrante e vale muito a pena conhecer.

O sol se põe ao lado esquerdo do Morro Dois Irmãos, mas diz a lenda que há algumas datas do ano em que ele se põe bem no meio. O resultado fica literalmente parecendo como se fosse uma pintura.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Luana Lôpo

Por Luana Lôpo

Booking.com
1

Pode ser do seu interesse

Vale do Capão

Vale do Capão

Jet lag: o que significa

Jet lag: o que significa

<strong>Quanto custa viajar para o Chile</strong>

Quanto custa viajar para o Chile

5 comidas típicas de Goiás para você experimentar!

5 comidas típicas de Goiás para você experimentar!

50 Frases de Viagem

50 Frases de Viagem

As 10 principais razões para morar em Portugal

As 10 principais razões para morar em Portugal