o que é hostel

Primeira vez em hostel: Macetes, Como Funciona e Muito mais

Para os viajantes, a primeira vez em hostel pode ser assustadora. Há um misto de informações -positivas e negativas – pela internet, principalmente. Assim, não dá para saber muito o que se esperar. Por isso, separei para você um post completo, ensinando meus macetes, explicando como funciona e muito mais para deixar sua primeira vez em hostel muito mais legal.

Com os custos das viagens subindo mais a cada dia, quem gosta de conhecer outros lugares precisa buscar alternativas de economizar. 

Além da alimentação os maiores custos de qualquer viagem acabam sendo justamente com a questão da estadia, principalmente se a viagem for em uma época de alta temporada no lugar de destino. 

Então, a hora de decidir onde será a hospedagem durante o tempo em que estiver viajando, é um momento muito importante para o orçamento e o planejamento do resto da viagem. 

Se você se conseguiu se ver em todo esse cenário e está pensando em passar a sua primeira vez em hostel durante a sua viagem, vamos te dar dicas preciosas para que essa experiência não seja traumatizante. 

Leia também: Top 10 lugares para viajar sozinha no exterior.

O que é um hostel?

Mas afinal, o que é hostel? Que bicho é esse que os jovens falam tanto e divide tanto a opinião de quem viaja ao redor do mundo?

Para quem vai estar pela primeira vez em hostel e não faz ideia de como ele funciona, pode pensar em uma espécie de pensionato

Muitas pessoas que já passaram pela universidade, ou saíram de suas cidades para morar em outros lugares estão acostumados com a ideia do pensionato como um lugar coletivo, que provê estadia a baixos custos e a experiência de viver em comunidade.

O hostel parece, então um pensionato, já que é uma opção de estadia temporária mais baratas do que hotéis e pousadas tradicionais e oferecem quartos coletivos ou individuais. 

Os quartos coletivos, podem ser compartilhados por duas até mais de dez pessoas sendo que, quanto mais gente houver no quarto, mais barata será a diária. 

Há também quartos individuais que, para quem viaja acompanhado, pode ser uma boa opção, pois ao dividir o valor da diária, o preço fica bem próximo ao dos quartos coletivos. 

No hostel, então, você não reserva um quarto e sim uma cama, que será seu espaço durante sua estadia no local. 

Além de o quarto ser compartilhado, o banheiro também é, muitas vezes, nem mesmos os quartos privativos possuem banheiro próprio, por não serem uma suíte. 

Por tudo isso, a experiência de estar hospedado em um hostel é bem diferente da oferecida em hotéis, uma vez que é um lugar voltado para quem gosta de estar em comunidade. 

Para que a primeira vez em hostel não seja uma experiência aterrorizante, mas sim algo que você queira repetir mais tarde, vamos dar algumas dicas para evitar perrengues. 

Leia também: O que significa Albergue.

Pesquise

Antes de reservar uma hospedagem em um hostel, procure sua reputação e avaliação de outros viajantes em sites especializados. 

O Booking.com e Hostelworld são bons lugares para realizar essas pesquisas e ver opiniões sinceras das pessoas que já passaram por esses lugares. 

Pontos importantes a se saber:

  • O hostel tem recepção 24h? É importante saber disso, porque dependendo da hora que você chegar para realizar o check-in, pode ficar na rua. 
  • Como é a divisão dos banheiros? Os banheiros podem ser mistos ou separados por feminino e masculino, podem ter várias cabines disponíveis ou ser um banheiro comum. 
  • Qual é a razão quartos/banheiro? Ou seja, quantos quartos, com quantas pessoas, compartilham um mesmo banheiro? 
  • A cozinha do hostel é bem equipada? 
  • O hostel oferece lençol, travesseiro e coberta? 
  • Como é a área comum do hostel? 
  • Qual é a estrutura dos quartos?
  • O hostel tem wi-fi disponível? 
  • É um hostel com muitas festas? Isso pode influenciar na qualidade do seu descanso e, em consequência, da sua viagem. 

Essa enorme quantidade de perguntas pode dar uma sensação ruim, mas você vai ver que, para hostels bem avaliados, a resposta para elas é sempre positiva. 

Cuide do que é seu

No hostel, você irá dividir um mesmo espaço com muitas pessoas, então não existe a possibilidade, como em hotéis, de espalhar o que é seu por todos os cantos. 

Deixe tudo muito bem organizado, com os itens de mais uso em cima, na organização da mala ou mochila. 

O ideal é não viajar com itens de valor, mas se for preciso, leve um cadeado com chave para a viagem e pergunte na recepção onde há um armário que você possa utilizar.

Coloque suas coisas ali, passe o cadeado e guarde a chave. Se não houver armário, tenha certeza de que sua mala tem cadeado.

Em relação a passaportes, outros documentos e dinheiro, é interessante ter uma doleira para colocar essas coisas dentro e dormir com elas por perto. 

Ah! E nunca, em hipótese alguma, fique divulgando aos quatro ventos quanto tem de dinheiro. Nem diga que aquele é seu primeiro destino na viagem, porque isso normalmente significa que você está com dinheiro. 

Leia também: Como ter uma experiência de viagem única.

Os macetes que salvam do sufoco

Algumas coisas que os veteranos do mundo do hostel sabem, nem passam pela cabeça dos hóspedes de primeira viagem. 

O problema, é que não saber essas informações pode tornar a primeira vez em hostel uma experiência menos agradável do que poderia ser. 

Então, fique atento aos hacks dos hostels!

Toalha

Pode parecer estranho para quem está acostumado com hotéis, mas nem todos os hostels oferecem toalhas aos hóspedes. Alguns oferecem, mas cobram extra pelo empréstimo. 

Por isso, é bom viajar sempre com pelo menos uma toalha na mala. 

Sacolas

Leve alguns saquinhos plásticos na sua mala. Eles servirão para separar roupas sujas e molhadas, colocar a toalha e levar para o banheiro para manter sua roupa limpa seca, caso não haja uma bancada para você apoiar suas coisas.

Tomadas

Não é todo hostel que tem uma grande oferta de tomadas para todo mundo do quarto, então, viaje com uma extensão. Você vai manter seus eletrônicos conectados e ser a pessoa mais amada do quarto. 

Para dormir

Principalmente se você não é daquelas pessoas que dormem como uma pedra, viaje com uma máscara de dormir, para os olhos e tampões de ouvido. Você vai agradecer!

Higiene

Viaje com seu próprio kit de higiene pessoal, com tudo que você precisa em uma bolsa ou necessaire, para facilitar o deslocamento quando precisar ir ao banheiro. 

No kit, não dá para esquecer:

  • Shampoo e condicionador
  • Pasta de dente e escova de dentes
  • Chinelo de borracha (tipo Havaianas)

Acredite, você vai agradecer a dica do chinelo. Leve sempre para o banheiro na hora do banho, não só para andar pelo hostel sem sujar o pé, mas também para tomar banho com ela e evitar choques ou pisar em algo que não queira. 

Comida

Muitas pessoas utilizam a cozinha do hostel como mais uma facilidade e forma de economizar dinheiro.

Se comprar comida, deixe tudo embalado e etiquetado na geladeira, com seu nome e data de check in. Não coma comida dos outros – a não ser que te ofereçam – porque não é legal e você nunca sabe o que tem dentro. 

Ao cozinhar, não monopolize toda a cozinha. Separe um cantinho com apenas os utensílios que vai usar e depois não fique ali ocupando espaço. Pegue sua comida e vá para a mesa. 

Ah, e claro! Lave tudo o que você sujar, na hora em que terminar de usar. Não deixe para depois. Não há nada mais chato do que ter que lavar coisas de quem você nem conhece. 

Leia também: Comidas típicas da Bahia.

Respeito

Por fim, uma regra básica de ambientes compartilhados é: respeite seus companheiros de quarto e de hostel. 

Se chegar tarde da rua, em um horário que as pessoas já estiverem dormindo, não acenda luz, fale alto, abra zíper e mexa em sacolas. 

Caso você saiba que vai chegar tarde naquela noite, antes de sair deixe seu pijama e o que você vai precisar separado e logo em cima, dentro da sua mala. 

Conclusão sobre a primeira vez em hostel

Se você estava em dúvidas, depois de ler este conteúdo, pode ter certeza de que sabe tudo para que sua primeira vez em hostel seja perfeita. 

Você vai estar tão bem preparado que ninguém vai saber que você não é um “hosteleiro” experiente e viajado. 

Uma dica extra para aproveitar bem a viagem é: se inteire na comunidade do hostel! Passe tempo nas áreas comuns e converse com as pessoas, conheça novas culturas e dicas de viagem.

Seja cortês com os funcionários do hostel e, logo ao chegar, pergunte sobre dicas do lugar em que você está, como bons restaurantes e baratos e atrações imperdíveis. 

Muitos hostels também promovem atividades de baixo custo, como walking tours pelos locais, então, coloque todo o seu carisma para jogo e se mantenha informado. 

Aproveite ao máximo a sua viagem e faça a sua primeira vez em hostel ser apenas o início de uma longa e incrível aventura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Olá! Eu sou a Luana Lopo, sou uma baiana completamente apaixonada por viagens.

    Compartilho nas minhas redes sociais (@viagemecura) e aqui no blog minhas experiências de viagem ao redor do mundo, incentivando outras pessoas realizarem a viagem dos sonhos. Compartilho ainda o meu dia a dia e o meu lifestyle.

    Leia mais

  • Reserve pelo TripAdvisor

  • Baixe o ebook gratuito Viajando Sozinha

    capa de um ebook sobre viajar sozinha, foto de uma mulher de costas em uma cachoeira em tons terrosos e título do livro em cores também terrosas
  • Booking.com