quinta-feira, 20 de junho de 2024 - 20/06/2024 00:24:28
Viagem e Cura


Quando falamos em prédio mais alto de São Paulo, logo pensamos em prédios que passam de 200 metros e mais de 50 andares. Por muitos anos, o Mirante vale liderou como o Prédio mais alto de São Paulo, sendo inaugurado no ano de 1966.

Agora é a bola da vez está na zona Leste, no bairro do Tatuapé. Uma construção de 50 andares já é atualmente o prédio maior prédio da cidade de São Paulo.

Nós iremos te mostrar uma lista dos maiores prédios de São Paulo, com algumas informações, empresa de elevadores em SP e muito mais.

O que este artigo aborda:

Prédio mais alto de são Paulo: Figueira Altos do Tatuapé

Vamos iniciando a nossa lista de prédio mais alto de são Paulo, no bairro do Tatuapé, localizado na zona leste de São Paulo, foi palco neste ano como um dos maiores prédios da cidade de São Paulo. O Figueira Altos do Tatuapé na com 168 metros de altura e 50 andares, ele entrou na lista de edifícios residenciais mais alto da capital e o segundo maior.

O prédio, a obra foi concluída com quatro anos, tem uma vista de 270° no horizonte de São Paulo, além de ter aquecedores via raios solares.

A empresa também acabou desenvolvendo planos paisagismos de espécies nativos da região e também com um sistema de irrigação automática ligado a um sistema de captação de água da chuva que também deve é usado para a limpeza nas áreas comuns e até mesmo Manutenção de elevadores sp.

O Mirante do Vale

Desde do século 20, São Paulo passou por um intenso processo de modernização. Seguindo ideias de grandes cidades no mundo, pequenas vilas, terrenos abandonados e bairros inteiros começaram a receber prédios.

Um dos prédios responsáveis ​​por ter movimentado a capital paulista é o Mirante do Vale no Vale do Anhangabaú.  Que foi inaugurado no ano de 1966, após a obra durar 7 anos, o prédio com 170 metros de altura continua sendo uns dos prédios mais altos de São Paulo.

O projeto do prédio feito pelo arquiteto Waldomiro Zarzur tem 51 andares, com 12 elevadores, mais de salas comerciais e com três halls na entrada. Também existe espaços residenciais e uma área de trabalhos ou escritórios recentemente implementados.

Edificio Itália

O edifício Itália, também pode ser conhecida como Circulo Italiano, que está localizada na Avenida Ipiranga, 344, que já foi considera o segundo maior edifício na cidade de São Paulo e também do Brasil, mais de 46 andares e tem exatamente 19 elevadores.

Inaugurado no ano de 1965, atualmente é um ponto turístico na cidade, considerado um patrimônio histórico e um dos maiores exemplos de arquitetura vertical do Brasil.

Uns dos destaques de prédio é o restaurante que fica no telhado do prédio, conhecido como Terraço Itália, além de ser um restaurante muito mais famoso na cidade de São Paulo, te oferece vista com 360 graus para toda cidade e é um dos grandes pontos turísticos mais e um dos mais importantes da capital paulista.

Edifício Altino Arantes ou Banespa

A Torre Altino Arantes também conhecida como a do Torre Banespa ou apelidado de Banespão é um dos prédios mais populares da capital paulista, o terceiro edifício mais alto da cidade e o quinto mais alto do Brasil.

Construído em 1939 pelo mentor e político Ademar Pereira de Barros para ser a sede do Banco Nacional de São Paulo (Banespa) que foi inaugurado no ano 1947 na gestão de Ademar de Barros quando foi o governador de São Paulo, foi um dos maiores bancos do estado de São Paulo por mais de uma década passa.

Já foi considerado o maior prédio da cidade, até que foi superada pelo edifício Mirante do Vale, em 1960. Seu projeto original foi alterado para se parecer com o Empire State em localizado em Nova York. Logo depois da sua inauguração na década de 1940, foi considerado uma das maiores estruturas de concreto do mundo.

5. Platina 220

Com a inauguração prevista para esse ano de 2022, o Platina 220 será o edifício maior de São Paulo com 172 metros de altura. São Paulo não é apenas a maior das cidades do Brasil, mas também é considerado a capital do país com edifícios grandiosos.

Na área do Tatuapé, a região está se tornando cada vez mais crescendo muito a área do setor imobiliário na região que tem se expandido. Esse processo vem acontecendo com os anos, com a substituição das casas geminadas e de outros edifícios pequenos por grandes prédios.

Por cinco anos, o Mirante do Vale, no Anhangabaú, foi nomeado como o edifício mais alto de São Paulo. Mas em nesse ano de 2022, o Platinum 220 vai bater essa marca. Será um edifício dividido com áreas corporativos e residências do mais alto padrão com 172 metros de altura.

Prédio mais alto de são Paulo: Conclusão

Prédio mais alto de são Paulo, nos dias hoje, a cidade vem se modernizando. Com mais de quatro séculos, sua modernização começou na década de 1930, razão pela qual vários edifícios históricos na época, como o edifício Altino Arantes conhecido como do Torre Banespa, entre muitos outros.

De onde vêm tantos edifícios que encantam tanto em São Paulo? Não é por acaso: os principais nomes da arquitetura moderna de São Paulo são os imigrantes da Europa, e os seus alunos aplicaram os seus ensinamentos por toda a cidade.

Apesar de tudo isso a cidade tem a sua beleza, com muitos desenhos espalhados por toda São Paulo. Espero que tenham gostado!

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Luana Lôpo

Por Luana Lôpo

Booking.com
1

Pode ser do seu interesse

Principais pontos turísticos de Nova York

Principais pontos turísticos de Nova York

O que fazer no Capitólio no inverno?" title="O que fazer no Capitólio no inverno?">

O que fazer no Capitólio no inverno?

Viagem de carro: os melhores destinos da região Sul

Viagem de carro: os melhores destinos da região Sul

O que fazer em Lençóis na Chapada Diamantina (BA) – 7 pontos turísticos incríveis

O que fazer em Lençóis na Chapada Diamantina (BA) – 7 pontos turísticos incríveis

O que fazer em São João Del Rei

O que fazer em São João Del Rei

O que fazer no Rio de Janeiro com Crianças – 10 dicas do que fazer nas férias

O que fazer no Rio de Janeiro com Crianças – 10 dicas do que fazer nas férias