Dicas de Viagem Israel

Dicas de Viagem para Israel: um guia completo.

Quando o assunto são dicas de viagem para Israel, muitos viajantes podem acabar perdidos e acabam perdendo a oportunidade de apreciar a região por não saber onde ir ou o que exatamente já para se fazer. Saiba o que fazer em Israel e todas as outras informações necessárias para ter uma viagem incrível.

Pensando nisso, separei para você as melhores dicas de viagem para Israel, o que precisa para a sua viagem e até algumas outras curiosidades interessantes que não te contam por aí. 

Boa leitura!

Viajar para Israel precisa de visto?

Primeiramente, quando o assunto são viagens fora do território brasileiro, sempre surge aquela dúvida de quais são os documentos essenciais, não é? 

Afinal de contas, muitos países possuem uma legislação mais rígida em relação a entrada e saída de turistas. 

É importante ressaltar que você não precisa solicitar um visto prévio para entrar em Israel, você precisará apenas de um passaporte com uma validade superior a seis meses. 

Sendo assim, não é uma viagem a ser organizada em pouquíssimas semanas, mas que exige uma elaboração maior e mais longa, principalmente se você não tem passaporte ainda ou se o seu está para vencer já. 

Você já tem um passaporte? Saiba Como tirar o passaporte brasileiro.

O visto ele é concedido no momento em que você faz a imigração e tem validade de 3 meses (visto de turismo)

Diferentemente de outros países, sempre que um turista entra ou sai de Israel, o passaporte não é carimbado, mas você recebe um documento em papel. 

Esse documento deve sempre ficar com você e estar bem guardado durante toda a visita.

Afinal, em algum momento, podem solicitar este papel a você. 

Como é a imigração em Israel

dicas de viagem para israel
Imigração em Israel

A priori, vale destacar que Israel é um dos países do mundo mais exigentes quando o assunto é segurança. A imigração em Israel pode ser demorada e os procedimentos de segurança no aeroporto costumam ser extremamente rígidos. 

Portanto, é muito importante evitar qualquer tipo de brincadeira nesse momento, manter sempre a seriedade e o respeito. Aconselho também ir com vestimentas adequadas e respeitosas, afinal você estará em contato direto com oficiais da imigração com costumes completamente diferentes dos nossos. 

Dessa forma, não precisa achar estranho se algum oficial solicitar esse documento e fizer algumas perguntas ou até mesmo te levar para a salinha para um interrogatório mais extenso, faz parte dos procedimentos de segurança do país. 

Eu sei que muitos dos meus leitores são pessoas que costumam viajar com uma frequência grande e para os mais diversos países do mundo. Então, se você visitou a Síria e o Irã recentemente, e ainda utiliza o mesmo passaporte, poderá ter problemas na imigração, incluindo, ter sua entrada negada. Em contrapartida, os viajantes ao Egito e à Jordânia poderão entrar normalmente, sem maiores problemas por questões diplomáticas. 

Minha recomendação é que se você visitou um dos países listados, tire um novo passaporte, mesmo que seu passaporte ainda esteja válido, evitando assim qualquer dor de cabeça a mais na chegada ao destino.  

É seguro viajar para Israel?

dicas de israel
Cúpula de Pedra, Israel.

Atualmente, somos deveras influenciados pelas mídias convencionais, a tv, os filmes, os noticiários, ainda são a principal forma de consumir notícias pelo mundo (apesar da mudança e do espaço cada dia maior das redes sociais).

E em razão de todas as notícias que recebemos através dos meios tradicionais de comunicação, muitos de nós acredita  que viajar para Israel é perigoso, o que não corresponde com a realidade. 

Eu te digo: sim, é seguro viajar para Israel!

Isso porque, toda a região tem uma extensiva rede de segurança militar, algo que você vai notar ao andar pelas ruas.

Lá, é natural ver militares armados pelas ruas e até jovens que estão em serviço obrigatório andando com armas em shoppings, restaurantes, cinema e assim por diante. 

Além disso, existe um grande policiamento em todas as ruas, principalmente nos locais públicos. E em absolutamente todos os locais e atrações turísticas em Israel você encontrará detectores de metal. 

Por isso, não precisa se assustar ou mesmo achar que estão “exagerando”, é uma questão cultural da região e que, aos poucos, você se acostuma. 

Sim, realmente existe toda a questão do conflito e fronteira, como a faixa de Gaza, mas nos principais pontos turísticos a sensação é de que não existe nenhum risco mesmo. 

Principalmente no circuito de turismo religioso, como na cidade de Jerusalém, a presença de militares é ainda mais concentrada.  Justamente por isso, as chances de qualquer perigo são reduzidas drasticamente. 

Você tem medo de viajar? Quer saber como vencer seus medos e desbravar o mundo? Leia também o post O que te impede de realizar seus sonhos?!

Quando viajar para Israel? 

quando viajar para Israel
Israel

Escolhido o destino, começa o planejamento de qual a melhor data para viajar, quando viajar para Israel?

Inicialmente, você deve analisar e escolher a melhor época para viajar a Israel de acordo com a sua estação preferida e também considerando o que você pretende fazer no país. 

Isso porque, durante eventos religiosos, o país recebe um número maior de turistas, o que torna os locais mais aglomerados, os serviços mais caros. 

Contudo, vale lembrar que ao longo de todo o ano, são milhares de peregrinações que acontecem ali, cada uma ocupando hotéis de forma diferente. 

Ou seja, se você não quiser visitar os pontos turísticos de Israel bem aglomerados, evite feriados como a Páscoa e o Natal. 

Já em relação ao clima, as melhores estações para os turistas são as estações intermediárias, ou seja, a primavera e o outono, quando as temperaturas ficam em maior equilíbrio. 

Portanto, eu indicaria os meses de abril e maio ou outubro e novembro para você viajar para Israel.

Inclusive, uma das dicas de viagem para Israel, é lembrar que as estações são inversas das brasileiras. 

E atenção, o país tem um clima mais seco que o nosso, chegando facilmente aos 40 graus no verão, enquanto o inverno é marcado pelas chuvas e frio, o que pode dificultar um pouco a sua viagem. 

Israel utiliza o calendário Judaico 

dicas de viagem para Israel
Israel

Uma informação importante sobre Israel, é que lá é seguido o calendário judaico e não o gregoriano, utilizado comumente nos países ocidentais, incluindo o Brasil.

O resultado disso é que muitas datas importantes são móveis e não fixas, o que exige uma atenção especial na hora de organizar a sua viagem. 

Você quer viajar para Israel, mas não quer se preocupar em montar um roteiro? Leia porque vale a pena investir em um roteiro personalizado!

Entre as principais datas que atraem turistas está: 

  • Rosh Hashanah, o Ano Novo Judaico, que acontece no primeiro dia de setembro; 
  • O Dia do Perdão, uma das datas mais importantes para os judeus e celebrada por todo setembro; 
  • Purim, que seria a salvação dos judeus e a fuga do Egito, que acontece entre os meses de março e abril. 

Viajar sozinha para Israel 

quanto custa viajar para israel
Mar Morto, Israel.

Viajar sozinha é sempre um assunto que pode trazer um pouco de insegurança, principalmente para os turistas mais jovens. 

Isso porque, existem várias incertezas quanto a tudo: o local onde ficar, como se comunicar, com quem conversar em caso de problemas, etc. 

Porém, é preciso lembrar duas coisas: uma viagem sozinha pode ser a chance de se autoconhecer ainda mais e explorar aquilo que você deseja. 

Ao mesmo tempo, permite que você crie mais autonomia e independência, não ficando preso às vontades do outro. 

Justamente por isso, é sempre uma dica interessante. 

Assim, uma das dicas de viagem para Israel é curtir todo o turismo religioso e o que já além dele, sem outras pessoas. Ainda que você aproveite o percurso para conversar com outros turistas e locais. 

Você vai perceber que isso traz uma série de vantagens, descobertas e vivências incríveis, que serão lembradas. 

Uma dica interessante neste caso, é sempre focar em um bom roteiro, ter um mapa e planejar a sua viagem com antecedência.

Ou seja, você precisa saber onde está, como se locomover, principais pontos de apoio e assim por diante. 

Além, é claro, de conseguir se comunicar no país. A língua oficial local é o Hebraico, mas absolutamente todo mundo fala inglês!

E você sabia que Israel é famoso por suas mochileiras? Depois do período de serviço militar obrigatório, os jovens israelenses saem por um período sabático para conhecer o mundo. Ou seja, eles entendem o que é viajar sozinho!

Vai viajar sozinha e tem medo?! Quer saber como eu viajo o mundo sozinha? Clique aqui no Guia Viagem e Cura Viajar Sozinha.

Turismo Religioso em Israel 

Dicas de viagem para Israel
Muro das Lamentações, Israel

O turismo religioso se caracteriza por considerar a fé como ponto de partida para toda uma viagem. 

Ou seja, é aquela viagem que você não somente para conhecer um local pela sua beleza ou por atividades que existem ali. Mas sim pela história religiosa e importância histórica. 

Dessa forma, os locais que atraem o turismo religioso são repletos de fiéis, que recebem visita de pessoas do mundo inteiro e com forte significado para elas. Seja para uma visita, peregrinação, romaria ou para conferir festas e espetáculos. 

Assim, a motivação religiosa é o foco desse tipo de turismo. 

Em Israel, o turismo religioso tem como principais destinos as cidades de Jerusalém, Nazaré e Belém

Mas, ao contrário do que nós brasileiros costumamos pensar, Israel não atrai apenas o turismo religioso cristão. Em seu pequeno território, Israel guarda a fé das três principais religiões monoteísta, atraindo fiéis cristãos, mulçumanos e judeus. 

Destaco, inclusive, que as disputas contínuas entre os hebreus e os árabes é, antes de tudo, pela Terra Santa

・Para os judeus, Israel é a terra prometida por Deus a Abraão. 

・Para os cristãos, Israel é o local da vida e morte de Jesus Cristo. 

・Já para os muçulmanos, Israel foi onde ocorreu a ascensão de Maomé aos céus.

Para os cristãos, os principais pontos turísticos desse turismo religioso são:

Na capital, Jerusalém, por exemplo, o Monte Cião e o Cenáculo, onde Jesus fez a última ceia, é parada obrigatória para os turistas. 

Além disso, a cidade é dividida em cidade em Velha e Nova, com o Muro das Lamentações, Monte das Oliveiras, Santo Sepulcro e tantos outros. 

Já em Nazaré, a principal peregrinação acontece porque este seria o local em que a Virgem Maria foi visitada pelo Anjo Gabriel. Lá você poderá visitar a Basílica da Anunciação, construída para celebrar e imortalizar esse momento. 

Já em Belém, você vai conhecer a caverna onde Jesus nasceu, que ganhou uma nova estrutura, sendo possível a sua visitação e a existência de um templo no local.

O turismo religioso em Israel é um dos mais importantes do mundo, atraindo milhares de pessoas ao longo do ano. 

Por ser um local de fé, é comum que os turistas acabem sentindo uma conexão com o lugar e até com outras pessoas, tornando essa viagem uma experiência extraordinária. 

Mais importante que isso, o turismo na região não atrai apenas os fiéis, mas também os curiosos, estudiosos e até aqueles que gostam de conhecer mais a história e ver espaços incríveis. 

Portanto, é a sua chance de criar aquela sequência de fotos de tirar o fôlego de qualquer um, inspirar e se encantar. 

O que fazer em Israel – Dicas de viagem para Israel 

dicas de viagem para Israel
Jaffa, Tel Aviv, Israel.

Sabendo que o turismo religioso atrai milhares de viajantes, as dicas de viagem para Israel significam ir além disso, descobrindo o que há para fazer ali. 

Sendo assim, é preciso considerar o que há além dos principais pontos turísticos de toda a área. 

Por exemplo, você pode andar pela região de Jaffa, que é muito antiga, charmosa e possui um mercado de pulgas tradicional. 

Em seguida, você pode conferir o Museu do Holocausto

Sendo que não existem palavras para descrever a importância de se lembrar da história e garantir que ela não se repita. 

Para uma viagem mais animada, você pode aproveitar mais a cidade de Tel Aviv, que é mais moderna que as demais e tem muitas atrações.

Como bares e restaurantes. Tudo com um clima mais descontraído e jovem. 

Mas não se engane, a cidade também possui vários museus que devem estar no seu roteiro e praias paradisíacas. 

Já na capital, Jerusalém, você pode conferir a parte nova e antiga da cidade, considerando não apenas os pontos religiosos. 

Isso porque, a capital também é rica em restaurantes incríveis, museus, bares e espaços públicos que contam toda a história local. 

Safed é uma cidade que tem vários nomes e está entre as quatro sagradas do judaísmo. 

Aqui, você pode aproveitar para passear pelas ruelas, observar diversas construções antigas, muros em pedra e as diversas lojinhas. 

Isso porque, a cidade tem várias ruas com galerias de arte, ateliês, lojas de cerâmica e velas, joias e assim por diante. 

Outro ponto importante do país é a cidade de Galileia, que encanta muitos turistas. 

A cidade fica entre vários pontos importantes, por isso muito procurada para hospedagem e onde está o mar onde Jesus andou sobre as águas. 

Galileia também é rica em vinhedos, lojas e várias aldeias maravilhosas que ficam bem próximas. 

Checklist de viagem: dicas de viagem para Israel

turismo religioso
Basílica do Santo Sepulcro

Entre as dicas de viagem para Israel, você deve começar a pensar em um checklist, com tudo o que deseja fazer e estudar onde esses locais estão. 

Isso porque, o país, e suas principais cidades, são repletas de pontos interessantes, que podem deixar alguns turistas perdidos. 

Então, o checklist vai facilitar um pouco o seu cronograma, auxiliando o seu roteiro de viagens e evitando que você acabe perdendo parte da viagem. 

o que visitar em Israel
Grutas de Rosh Hanikra, Israel

Pensando nisso, alguns dos pontos interessantes para você observar são: 

  • Jardim de Baha’i: com uma paisagem linda e ponto de turismo religioso mulçumano
  • Visita a Tiberias: uma das quatro cidades sagradas e rica em culinária, com restaurantes incríveis; 
  • Vá até o Mar da Galileia: mesmo que apenas para molhar os pés e ver a Igreja do Primado de São Pedro; 
  • Mar Morto: uma atração local já que a água empurra você sempre para cima; 
  • Fortaleza de Massada: que fica em Ein Bokek, pertinho do Mar Morto e tem uma paisagem desértica e belas ruínas; 
  • Deserto da Judeia: considerado menor do mundo, com montanhas de sal e pedras desenhadas pelos ventos; 
  • Ein Gedi: visite o jardim botânico e totalmente sustentável no meio do deserto; 
  • Acre ou The Oldy City of Akko: antiga capital do país, charmosa, com vários pontos bacanas e a principal mesquita do país, a Bahr. 
  • Grutas de Rosh Hinakra: ficam localizadas extremo norte de Israel, na Galileia Ocidental, surpreendentes grutas de calcário formadas pela erosão do Mar Mediterrâneo sob uma rocha milenar separam a fronteira entre Israel e o Líbano.

Outra dica bacana para o seu checklist de viagem é a Rua Ben-Gurion, ou Colônia Germânica, que sempre atrai os turistas. 

Fundada na Segunda Guerra, o local fica abaixo dos Jardins Baha’i e chama a atenção pela arquitetura e lojas.

Durante a noite, ganha mais movimento, com restaurantes e bares, além de ser um local muito famoso pelas hospedagens. 

O que não pode faltar no seu plano: dicas de viagem para Israel

turismo religioso mesquita
Mesquita, Israel

Para finalizar este tópico, é importante considerar que existem coisas que não podem ficar de fora do seu plano de viagens. 

Em primeiro lugar, você precisa aprender a tirar o seu passaporte

Afinal, o país não exige visto dos brasileiros, mas sem este outro documento, você não conseguirá viajar para Israel. 

Em segundo lugar, você precisa ter um celular com chip que funcione. 

Isso porque, o aparelho não deve servir apenas para tirar fotos incríveis, mas como um ponto de apoio e comunicação. 

Sendo assim, verifique as empresas que oferecem esse tipo de serviço, incluindo internet, e aproveite mais a sua estadia no país ou garanta seu chip antes mesmo de sair do Brasil com o Viaje Conectado.

Em terceiro lugar, existem diversas opções de transporte em Israel, o que facilita muito a viagem de qualquer um. 

O transporte público é bastante eficiente e ideal para viagens curtas, entre cidades e também para economizar. 

O trem também é barato e mais rápido, mas não vai a todas as cidades. 

Também existem passeios que são feitos com ônibus, vans e outros, mas você também pode alugar um carro. 

A escolha do meio de locomoção varia de acordo com o seu roteiro. 

Não se esqueça também de fazer um seguro viagem com os SegurosPromo,, bem como o certificado internacional de vacina. 

Quanto custa uma viagem para Israel

Jaffa Israel
Jaff, Tel Aviv, Israel

O custo de uma viagem sempre é algo relativo, porque envolve uma série de fatores: como datas, locais de partida e chegada, tipos de hospedagens e assim por diante. 

Aqui no Brasil, a rota mais comum é partindo de São Paulo (Guarulhos) e chegando no aeroporto de Tel Avi Bem Gurion. 

Geralmente, as passagens custam em média de R$ 4 mil, sendo possível encontrar por um valor mais acessível em promoções. 

Se quer pesquisar e monitorar as passagens aéreas sugiro o Kiwi. Eles são agregadores de passagens que combinam vários outros sites de pesquisa de voos para facilitar a comparação de preços e garantir que você esteja obtendo o melhor negócio. 

Atenção: sempre chegue em Israel com sua passagem de volta emitida! Eles irão pedir no momento da imigração! ​​

Ao contrário de alguns outros locais do Oriente Médio, Israel possui valores parecidos com o do turismo na Europa. Em outras palavras, pode ser um pouco caro sim, sendo preciso planejar tudo com antecedência. 

No quesito hospedagem, as estadias em hotéis, custam em torno de R$ 300 por noite, principalmente na parte judia. Uma alternativa para conseguir valores mais acessíveis de estadia, é escolher a área árabe, que possui valores menores, principalmente em Jerusalém.  

Porém, o que pesa mais no bolso, é a alimentação, principalmente bebidas alcoólicas, já que o imposto sobre elas é bem alto. 

Uma lata de cerveja em um bar ou restaurante por exemplo, convertendo da moeda local, pode chegar a custar R$ 40. 

Porém, isso pode até servir como incentivo para não beber, não é mesmo? 

Assim, o ideal é ter uma média de US$ 100 por dia, considerando as principais refeições e até um táxi que precisou pegar para algum passeio. 

Então, é só multiplicar esse valor pela quantidade de dias e já começar a fazer uma poupança para isso. 

Por fim, você ainda ficou com alguma dúvida? Comenta aqui embaixo ou aproveite e compartilhe a sua experiência. Vou adorar saber mais. 

Se quiser conferir outras dicas de viagem para Israel ou quer saber mais sobre outros países, deixe o seu comentário aqui embaixo. Quem sabe este pode ser o próximo post, não é? Grande abraço e até a próxima página!

Quer conhecer outros destinos de Turismo Religioso? Eu separei alguns posts de blogs parceiros que valem a pena a leitura:

O que fazer em Aparecida do Norte, São Paulo: descubra a cidade além de sua linda Basílica. – Blog Elizabeth Werneck

Santuário do Carcará: tudo sobre este paraíso. – Blog Viajando com Moisés

Santuário de Fátima: visitar o Santuário religioso de Portugal –  Blog Descobrir Viajando

Turismo religioso pelo Santuário de Lourdes na França – Blog  Abcdosviajantes

Templos no Japão – Blog Dicadastwins 

Lugares sagrados de peregrinação no Brasil e no mundo – Blog Mundo Viajante

Conceição dos militares Tesouro Barroco no Recife – por Viaje sem pacote

Congonhas MG – Destino para os romeiros – Blog Viaje com Norma

19 respostas

  1. Nossa! Um dos meus sonhos de consumo!!! Uma maravilhosa viagem a Israel. Adorei ver todas essas dicas de Viagem para Israel. Realmente é um guia completo com tudo o que eu preciso saber!!! Obrigada!

  2. Muito completo o teu post com dicas de viagem para Israel. Um destino muito atraente, mas que causa muitas dúvidas nos viajantes.

  3. Que conteudo legal agora eu sei tudo sobre uma viagem para Israel, dicas maravilhosas. Obrigado por compartilhar.

  4. Israel é um dos países que adorava conhecer, mas tal como você diz é nos passado através de diversos meios que não é seguro viajar para lá. Fico contente de ver que não corresponde à realidade . Quem sabe num futuro próximo consigo visitar.

  5. Muito legal suas dicas de viagem para Israel. Tenho muita vontade de conhecer mas atualmente o dolar não ajuda.

  6. Eu tenho tanta vontade de conhecer Israel e com as suas dicas e esse roteiro super completo, fiquei aqui querendo fazer as minhas malas.

  7. Como Israel está na minha lista de próximos destinos fora do Brasil, adorei conhecer as suas dicas desse local. Muito obrigada.

  8. Estive em Israel já faz alguns anos e realmente é incrivel, a mesquita é linda, o muro das lamentações onde coloca um desejo e você pode rezar e entrar nesse universo de uma cultura diferente. Caminhar por onde Cristo carregou a cruz tudo isso tem uma energia fantástica

  9. Sempre tive vontade de conhecer Israel, principalmente para quebrar os meus próprios tabus como viajar sozinha no Oriente Médio. Ótimas dicas e relato, abraços

  10. Adorei suas dicas de viagem para Israel, Luana, realmente um guia completo para qualquer viajante que deseje conhecer este destino tão especial. Israel está nos meus planos, espero que aconteça em breve!

  11. Uau! Adorei suas dicas de viagem para Israel, realmente o país é maravilhoso. Esse guia tá completo, hein? Israel foi uma grata surpresa, achei incrível e pretendo voltar. Beijinhos e obrigada por compartilhar.

  12. Muito bom seu post com dicas de viagem para Israel. Esse é um destino que ainda farei se Deus quiser. Um destino com uma cultura bem diferente né? Adorei seu post, parabéns!

  13. Post riquíssimo sobre dicas de viagens pra Israel. Realmente fiquei encantada. Parabéns pelo seu trabalho com conteúdo riquíssimo

  14. Amiga, está excelente seu post sobre o que fazer em Israel! Eu amo aquele lugar e seu post me fez relembrar! Minha família era em parte de Jerusalém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Olá! Eu sou a Luana Lopo, sou uma baiana completamente apaixonada por viagens.

    Compartilho nas minhas redes sociais (@viagemecura) e aqui no blog minhas experiências de viagem ao redor do mundo, incentivando outras pessoas realizarem a viagem dos sonhos. Compartilho ainda o meu dia a dia e o meu lifestyle.

    Leia mais

  • Reserve pelo TripAdvisor

  • Baixe o ebook gratuito Viajando Sozinha

    capa de um ebook sobre viajar sozinha, foto de uma mulher de costas em uma cachoeira em tons terrosos e título do livro em cores também terrosas
  • Booking.com